Creches estão sem auxiliares e vereadores exigem a contratação

Esta semana a vereadora Elaine Moraes levou à Câmara a seguinte preocupação: os professores que atuam nas creches estão sem auxiliares. Apenas uma pessoa está atendendo cada turma de crianças com menos de quatro anos. “Além da dificuldade de dar atenção a todas as crianças ao mesmo tempo, esta não consegue nem ir ao banheiro”, lembrou a vereadora.

Na terça-feira ela e alguns vereadores da situação estiveram na prefeitura conversando com responsáveis para falar desta situação. Obtiveram a promessa de que ainda na segunda-feira já estariam contratados e atuando os auxiliares das creches.

Realmente é inconcebível que ocorra este tipo de coisa. Cuidas de crianças tão pequenas exige muita responsabilidade

 

Líder do governo apresenta os custos para o transporte do kit ponte do governo

Na sessão da Câmara desta terça-feira o líder do governo Agnelo Miranda trouxe a informação com relação aos kits ponte do governo.

Segundo Agnelo, para transportar os kits da capital para cá a prefeitura teria de desembolsar R$ 10 mil. E para montar, uma vez que este kit necessita a montagem de cabeceiras e serão cimentados, são necessários mais R$ 100 mil. Eta! Servicinho caro, não?

Para começar, transportar 36 kits por R$ 10 mil pode não ser barato, mas iriam gastar também este valor se usassem pranchões para fazer as pontes.

Agora, dizer que custa R$ 100 mil para que estas estruturas sejam cimentadas no vão das pontes é brincadeira, não?

É obvio que usar madeira é sempre mais barato, mas se considerar que as pontes têm de ser refeitas periodicamente… a longo prazo acaba saindo mais caro.

Em Ponte Alta os vereadores reajustam os vencimentos em 49%

Em Ponte Alta os vereadores aprovaram um reajuste de 49% em seus vencimentos, sob a alegação de que os reajustes não foram aplicados aos salários dos vereadores desde 2013. E pasmem!

Isso que, inclusive existe lei federal proibindo reajuste salarial nos poderes até dezembro deste ano.

Mas o presidente da Câmara, Danielzinho, do PT, garante que não há nada de irregular neste reajuste.

Os vereadores passam a receber  R$ 4.635,00 e o Danielzinho, como presidente vai receber R$ 6.952,00.

Sobre a rede catarinense Brasil Atacadista que se instalará em Lages

A rede catarinense Brasil Atacadista, uma das principais do Sul do país, anuncia sua chegada a Lages, em localização privilegiada, ao lado do Garden Shopping. A cidade e a região serão beneficiadas com os diferenciais da loja, que une as compras de atacado e varejo, com produtos de todas as grandes marcas nacionais, além de uma grande linha de importados exclusivos. Com promoções diárias, deve oferecer mais de 10 mil itens a preços vantajosos para as famílias e comerciantes.

De acordo com Vidal Lohn Filho, diretor de Marketing e Expansão da rede, a unidade será aberta ainda este ano e vai gerar muitas oportunidades de trabalho. “Logo divulgaremos mais detalhes e data de inauguração. Mas já podemos adiantar que o público terá a melhor opção de compra da região, seja em variedade, qualidade e preços competitivos. Isto vale para quem compra por unidade eu em maior quantidade”, garantiu.

Os comerciantes, por exemplo, terão atendimento diferenciado, rápido, prático e com negociações especiais. “Também contribuiremos para o desenvolvimento local, especialmente com a geração de emprego e muita economia para as pessoas, o que é essencial neste momento de superação”, destacou.

Lucas já está respondendo pelas ações do governo na Serra

O ex-vereador Lucas Neves já assumiu suas funções como representante do governo na Serra e nos informa que as equipes da secretaria de Infraestrutura estão com várias atividades na região no que tange a manutenção e melhoras das rodovias:

Não tem o dedo da Carmen e nem do Lucas

Soube que na nomeação de Maurício para a direção do Hospital Tereza Ramos não tem o dedo da deputada Carmen e muito menos do ex-vereador Lucas Neves.

Ele foi indicado pela pessoa que hoje é o serrano no governo Moisés e que tem maior trânsito no Centro Administrativo.

Aliás, Maurício só não sai do Cidadania porque, como suplente poderia ainda, em uma eventualidade, assumir na Câmara.

Prefeitura ainda não foi atrás dos kits ponte fornecidos pelo governo

Fotos: Nilton Wolff

O vereador Gabriel Córdova (PSL) apresentou pedido de informação a respeito dos kits ponte, se realmente a prefeitura recebeu as estruturas metálicas da ponte Hercílio Luz que o governo destinou aos municípios.

A informação do líder do governo, Agnelo Miranda foi de que o problema destas estruturas é o transporte da capital para Lages, uma vez que são peças grandes e pesadas que exigem o transporte especializado. E, que é preciso se fazer uma análise para saber se vale a pena e não acabará saindo mais caro do que fazer a ponte em concreto, sem a utilização delas.

Até se entende que isso pode ocorrer, embora acho difícil. Mas, não foi feita esta conta quando se solicitou os kits (Lages solicitou mais de 30).

Ele até sugeriu que seja feito contato com outros municípios para fazer o transporte do mesmo em conjunto, rateando o custo.

Ônibus estão circulando lotados em alguns horários

Vereadora Elaine Moraes (Cidadania) exibiu imagens, ontem, na sessão da Câmara, dos ônibus da Transul circulando lotados. O número de passageiros não pode ultrapassar ao total dos bancos.

Estudantes que estão retornando às aulas agora dizem que chegam em casa passado das 14 horas em função da dificuldade no transporte urbano.

Segundo o secretário Municipal da Saúde, Claiton Camargo, o Decreto nº 1027 DE 18/12/2020 do Estado define as regras do transporte urbano municipal.

“Como é decreto estadual, a fiscalização segue o projeto Vigia Covid. Se encaminharem as fotos para a Secretaria de Saúde ou Vigilância Sanitária, nós fazemos o registro junto a PM e a Civil”, diz o secretário.

Portanto, não há fiscalização local e só é fiscalizado se houver denúncia.