Colombo comemorou o reconhecimento de Moro

O ex-governador Raimundo Colombo comemorou o reconhecimento que o ministro da Justiça, Sérgio Moro, fez, via Twitter, sobre as penitenciárias de Chapecó e São Cristóvão do Sul, onde 100% dos presos trabalham. Moro escreveu que esses modelos catarinenses precisam ser conhecidos e disseminados.
“Logo após assumir em 2011, Colombo apostou no trabalho de ressocialização dos detentos ao
criar a Secretaria da Justiça e Cidadania, comandada pela deputada Ada de Luca”, lembrou sua assessoria.

Área do Jockey doada pela prefeitura não tem documento que comprove o repasse do terreno

Uma surpresa com relação ao terreno que restou do Jockey Club de Lages: os 90 mil metros que restaram depois do leilão feito da parte frontal (13 mil metros) se referem a área doada ainda lá em 1983, pelo então prefeito Celso Anderson de Souza. Diante das informações do leilão o prefeito Ceron tentou se inteirar a respeito e foi em busca do documento que comprova o repasse da área ao Jockey. Não encontrou nada. Não existe documento algum a não sei a lei que autorizou a doação. Paga IPTU sobre a área como pagaria qualquer posseiro de um terreno.

Em resumo, a área é da prefeitura e o Jockey hoje, perdendo a área leiloada, não tem mais nada em sua posse a não ser o nome.

Ainda não foi gasto nem a metade dos recursos do Ponte Grande

Prefeito Ceron faz algumas ressalvas com referência às informações da obra da Ponte Grande. “Até o final do ano vence o contrato, não significa que a obra tenha de estar concluída. Por isso é preciso mostrar um desempenho satisfatório para que se possa renová-lo”.

Ao que parece já se gastou menos da metade dos R$ 57 milhões, mas é evidente que quase 10 anos depois os valores se alteram o custo de um metro de asfalto do início da obra até agora já mudou. Observa que realmente a obra está andando de um ano para cá. Em 2017 se gastou nos ajustes de licitação que estava em inconformidade, porque as empresas tinham abandonado a obra.

“Não começamos do zero, mas atrás do zero”, diz o prefeito, mas acredita que a administração conseguirá fechar o trecho até a BR 282. Já se tem quase dois quilômetros do saneamento da avenida pronto. Da Ferrovia, passando pela Pres. Vargas até a BR 282 é o trecho que agora vão desapropriar para colocar a tubulação. Para o governo federal esta é a parte em que tem mais interesse: “eles querem realmente ver deslanchar é esta parte do saneamento”, diz Ceron. Com isso, se obtém então a renovação do contrato, acredita o prefeito.

Por isso é tão importante que se utilize este dinheiro da Finisa para fazer as desapropriações. O contrato do financiamento com a Caixa deverá ser assinado dentro de uma ou duas semanas e tendo o dinheiro (R$ 5 milhões) em mãos já será feita imediatamente as 18 a 20 desapropriações que o prefeito espera que sejam de forma amigável.

A empresa que faz a auditoria do Ponte Grande está agora elaborando o projeto de asfaltamento dos primeiros 1.600 metros de asfalto da avenida Ponte Grande. Por enquanto ainda esta parte não iniciou.

Tereza Ramos e Apae farão trabalho conjunto para a reabilitação precoce dos bebês

Um trabalho desenvolvido pela coordenação regional da Apae chamado “Diagnóstico Precoce: Floresce uma vida”, pretende atender as crianças assim que elas saírem da maternidade.

O projeto foi apresentado, na segunda-feira, 20, pelas coordenadoras regionais Jane Ap. Correa Valter (Apae de Lages) e Juliana Regina da Silva (Apae de Anita Garibaldi) à direção do Hospital e Maternidade Tereza Ramos e contou com a presença da deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania).

 A parlamentar que faz parte da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência destaca que, “com as informações repassadas pelo hospital, respeitando os preceitos legais, os pais terão a possibilidade de encaminhar os filhos para a reabilitação precoce que com certeza será um diferencial na vida dessas crianças. Tenho um carinho muio especial pelas Apaes e além de apoiar este projeto tenho ajudado as instituições da nossa região com recursos para o custeio. Pois, reconheço a importância do trabalho realizado pelas Apaes tanto para as crianças, quanto para a família”, salienta Carmen Zanotto.

De acordo com a coordenadora Jane Valter, as Apaes possuem uma sala de estimulação que atendem crianças de 0 a 6 anos e que são avaliadas a cada seis meses. Algumas crianças são reabilitadas e recebem alta. 

“Queremos estreitar este laço com a maternidade e ter a informação sobre os bebês que nascem com deficiência, pois recebemos muitas crianças com mais de 3 anos, por exemplo, e que poderiam contar com o trabalho da equipe desde o nascimento”, salienta.

Cerca de 80% dos bebês da Serra Catarinense nascem no Tereza Ramos, onde são realizados aproximadamente 300 partos por mês.

Lucas só tem uma certeza: não concorre mais a vereador

O vereador Lucas Neves confirmou ontem que só está ainda no Progressistas porque se deixar agora pode perder o mandato, pois já não tem mais identificação partidária.

Já está com um pé fora da sigla. Não usa mais sequer o horário do partido para se pronunciar na Câmara. Indagado se vai concorrer a prefeito, disse que sua única certeza agora é de que não vai à reeleição. Entende que como vereador, até o final do ano que vem já terá dado a sua contribuição na Câmara. Busca uma candidatura à majoritária.

 

As marcas deixadas pelos presidentes da Câmara

“A vereadora Aida deixou a sua marca como presidente da Câmara inaugurando um banheiro. Luiz Marin gastou um bom tanto fazendo uma biblioteca em plena época digital. E o Vone quer trazer a TV Câmara de volta, uma coisa ultrapassada, hoje toda a transmissão se faz via Facebook”.

Internauta comentando a informação de que o presidente do Legislativo, Vone Scheuermann quer reativar a TV Câmara via cabo e foi em busca da concessão para um canal aberto.

Operação Quebrando a Banca com prisão de envolvidos em Lages e Herval D’Oeste

Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) deflagrou a Operação “Quebrando a Banca”, realizando o cumprimento de seis mandados de prisões temporárias e 20 buscas e apreensões sequestro de bens móveis e imóveis, além do bloqueio das contas bancárias vinculadas à organização criminosa. Os mandados de prisão temporária estão sendo cumpridos em Lages (4) e Herval d’Oeste (2) e as buscas, além desses dois municípios, em Ponte Alta, Joaçaba e Ibicaré. 

O nome da operação deve-se ao fato da 12ª Promotoria de Justiça da Comarca de Lages e o GAECO constatarem fortes indícios da participação dos investigados nos delitos do jogo do bicho, associação/organização criminosa e lavagem de dinheiro, envolvendo um policial civil (que já estava afastado das funções) e terceiros.

Entre os materiais apreendidos e bens sequestrados estão um apartamento, uma banca de apostas, um veículo importado, máquinas de jogo do bicho, extratos dos jogos, blocos de anotações de apostas, cadernos de controle de contabilidade, dinheiro em espécie e recibos.

Os mandados estão sendo cumpridos pelo GAECO, com o apoio da Corregedoria da Polícia Civil, do Centro de Apoio Operacional Técnico do Ministério Público de Santa Catarina e do Instituto Geral de Perícias (IGP). Mais informações não poderão ser prestadas neste momento a fim de não prejudicar a continuidade das investigações. 

O GAECO é uma força-tarefa composta pelo Ministério Público de Santa Catarina, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Secretaria Estadual da Fazenda.

Prefeitura de Correia Pinto expede nota a respeito do reajuste dos professores

NOTA

O Município de Correia Pinto, mesmo com perda de receita (FPM- em 2018, houve uma redução de mais de dois milhões de reais), está pagando todos os seus servidores em dia, cumprindo com o reajuste anual obrigatório e o piso nacional do magistério.

Nesse mês de maio, estaremos quitando os triênios atrasados há mais de seis anos. São sessenta e seis Professores beneficiados, em atenção ao plano de carreira (Lei n. 019/2007), que a cada três anos de efetivo exercício, com 80 horas de capacitação, recebem mais 3% a seus vencimentos. Iniciamos também a concessão de licença prêmio aos Professores com mais de cinco anos de efetivo exercício, respeitando o limite de 10% por categoria e antiguidade, haja vista que a grande maioria tem mais de três licenças vencidas. Pagamos todos anos o prêmio assiduidade no valor de R$ 900,00, aqueles que não tenham mais de quatro faltas no ano. Após estudo sobre impacto financeiro estaremos pagando a progressão vertical (por habilitação), o que reajustará o vencimento em 31,71%. Hoje são quatorze Professores que tem esse direito.

Com isso, além de cumprir a lei e valorizar o trabalho do Magistério, estamos evitando as demandas judiciais.

 

CELSO ROGÉRIO ALVES RIBEIRO

PREFEITO