Prefeitura pretende dobrar a quantidade de pontos de iluminação de LED

Até o mês de maio de 2022, a previsão da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, da Prefeitura de Lages, é de praticamente dobrar a quantidade de pontos de iluminação pública com luminárias de LED, as quais proporcionam mais luminosidade em relação às lâmpadas convencionais. E além disso, o LED representa maior durabilidade das lâmpadas e muito mais economia de energia.
Nas principais ruas e avenidas de Lages, é feita a telegestão da iluminação pública, por meio de aplicativo on-line, o que possibilita o controle da luminosidade, ligar e desligar a rede, bem como detectar possíveis defeitos e queima de lâmpadas. Esse controle só é possível com a iluminação de LED. E têm ainda outras funcionalidades e vantagens dessa tecnologia, como por exemplo a garantia de 5 anos de durabilidade e o menor impacto ao meio ambiente.
As antigas lâmpadas de vapor de sódio e vapor de mercúrio são mais poluentes, enquanto que as de LED são fabricadas com materiais semicondutores, entre eles o silício, que geram eletroluminiscência com menos impactos à natureza. Ou seja, na tecnologia LED a emissão de luz é gerada por componente eletrônico.
“Já instalamos 6.000 pontos de LED, na área urbana, incluindo os acessos à cidade, e já está sendo licitada a compra de mais 5.600 conjuntos dessas luminárias para serem instaladas até o mês de maio de 2022. Com isso, 60% do canteiro de iluminação pública da cidade de Lages será de LED”, fala o secretário de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Delfes Rodrigues.
Delfes disse que o bairro Petrópolis já tem 100% da área coberta com pontos de luminárias LED, enquanto que no bairro Habitação está sendo concluída a instalação que cobrirá também em 100% esta área urbana com esse tipo de iluminação.
“Outros dois bairros que brevemente terão 100% de LED são o Promorar e o Bela Vista, além de toda área do entorno viário da avenida Belizário Ramos (Carahá), anuncia Delfes.

2 comentários em “Prefeitura pretende dobrar a quantidade de pontos de iluminação de LED”

  1. Teria que priorizar o São Cristovao, Sagrado e Coral que são bairros centralizados e com bastante comércio, mereciam boa iluminação já que tem bastante movimento no início da noite

  2. Com a diminuição no consumo de energia, a conta de iluminação pública deveria baixar. Mas em algumas prefeituras onde a “intiligência” se destaca, a diferença fica para a campanha…

Deixe um comentário