Quem precisa de cirurgia urgente não está conseguindo por falta de leito. É o caso de Terezinha Vieira

Estou com uma tia internada no HNSP há duas semanas aguardando leito de UTI para poder fazer uma cirurgia delicada no cérebro. A cada dia que passa o estado de saúde dela se agrava. Internou consciente, conversando, bem lúcida e agora já está apresentando sequelas. É uma inflamação que gerou um coágulo no lóbulo frontal. A família está correndo, mas sem nenhum retorno. A cirurgia vem sendo adiada dia a dia. Situação muito desesperadora. Essa minha tia, é a Teresinha Vieira autora do livro Causos e Contos da Coxilha Rica.

Não sabemos mais a quem recorrer. Pois os pacientes do COVID 19 tem sido a prioridade, e a preocupação são quanto aos pacientes de outras doenças de urgência como ficarão? Cirurgias que são vitais?

Hampel Vieira

Deixe um comentário