Ressonância magnética do Tereza Ramos não será consertada

É de conhecimento de todos que o aparelho de Ressonância magnética do Hospital Tereza Ramos está desativado desde abril.  Os exames estão sendo contratados na rede privada tanto aos pacientes internados quanto aos da clínica de oncologia.

Pela justificativa dada pelo secretário estadual de Saúde, já foi adquirido um novo equipamento que ficará na nova torre.

Este que está parado hoje precisaria de conserto, mas não foi encaminhando porque pela data de validade, até o final deste ano não não poderá mais ser utilizado. Portanto não adianta consertar, até mesmo o local onde fica hoje teria de ser reformado.

 

5 comentários em “Ressonância magnética do Tereza Ramos não será consertada”

  1. Mas se a nova torre for ativada em 2020, como sficará a população até lá. Moisés será o sucateador da saúde lageana e todos aplaudirão estes caos

  2. Na minha opinião, o sucateador da saúde de Lages, é o gestor do governo passado, que deveria ter empregado o dinheiro na capacitação e aparelhamento dos hospitais da região.

  3. Alex, cada um se embue de razões e contra razões, não é critério que o valha acusar os mandatários anteriores, pois a administração pública é perene e o que sucede o anterior tem noção da continuidade administrativa e o dever de equacionar o que ficou para trás. Por isso o novo governo deve resolver os problemas atuais, foram eleitos para isso.

  4. Alex, hoje a questão política suplanta o que seria razoável, o razoável seria o que se começa, se acaba, o calendário das obras obedece o calendário eleitoral e as inaugurações são prolongadas para que se coincidam com alguma eleições. Em Lages tivemos o asfaltamento da Carahá, Colombo fez uma parte, os governos de Décio não fizeram nada e Colombo teve que voltar para inaugurara obra, eu até acreditaria que depois de Moisés, Colombo voltaria para terminar o Hospital e colocar seu nome na história. Somos um Estado conservador controlado por elites oligarcas e com uma ojeriza ao trabalhador, em que tivemos um período no governo, agora é o oeste e o sul, no comando e um bombeiro que não é gestor no governo, estamos fodidos e maus pagos. Mas tem lageanos hibernando ainda com Bolsonaro e não acordaram para a realidade.

Deixe um comentário