Sobre a doação da área para a faculdade de tecnologia do Senac

Na semana passada a Câmara de Vereadores aprovou projeto de executivo autorizando-o a doar uma área próxima ao Ifsc, na rua  Rua Heitor Vila Lobos, no bairro São Francisco, para o Senac que ali pretende construir a Faculdade de Tecnologia.

Em princípio achei estranho esta doação, uma vez que já na inauguração do Órion Parque havia a determinação de um espaço para que o Senac construísse ali esta faculdade. A informação que obtive foi de que na época, o terreno foi repassado através de decreto, que pela lei Nº 3626/2009  somente depois de dez anos de atividade, ou de uso do terreno, teria o direito de propriedade. Ocorre que neste sistema, para que o terreno fosse escriturado em nome do Senac haveria necessidade de se esperar todo este tempo.

Em função disso, o Senac nacional travou o processo porque só libera os recursos para edificação mediante a escritura deste terreno. Portanto, foi preciso que se aprovasse esta lei de doação, para que se oficializasse o recebimento da área e o Senac tenha em mãos a escritura.

Como observa Claiton Camargo, um dos diretores do Órion, o Senac continua dentro do escopo do parque apesar de ter sido desmembrado esta área para o projeto ser viabilizado. Apenas atende a uma formalidade para que o processo tenha continuidade. Na realidade pelo decreto que havia sido repassado o terreno, em 2015, o prazo já teria vencido, uma vez que era de três anos até o início das obras.

O Senac ainda não sabe o valor do investimento, uma vez que somente agora, com o encaminhamento da escritura, o Senac nacional começará a elaborar o projeto arquitetônico. A implantação desta faculdade é um passo importante no processo no contexto do Órion Parque que já se mostrou um projeto importante para Lages.

Deixe um comentário