Crescimento populacional de Lages em 8 anos foi de apenas 0,03%

Foto: Sheila Rosa

O que mais chamou atenção no diagnóstico da primeira etapa do Projeto Criaticidade, da empresa Glóbulo, apresentado na Acil segunda-feira, foi de que o crescimento populacional de Lages, nos últimos oito anos foi de apenas 0,03% e, apesar de uma economia forte, fica entre as cidades com maior nível de desigualdade social do estado.

De acordo com Diogo Machado, diretor da empresa, este levantamento vai dar embasamento para a segunda fase do Criaticidade.

“Este projeto é pioneiro em Santa Catarina, e fará de Lages, e todos os seus recursos, uma marca única com identidade e valorizando os potenciais desta que é a 8ª economia de Santa Catarina”, explicou.

A empresa especialista em reposicionamento de marcas, está desenvolvendo um trabalho para identificação de um propósito econômico único para Lages.

1 comentário em “Crescimento populacional de Lages em 8 anos foi de apenas 0,03%”

  1. Crescimento populacional muito baixo não geram atividades produtivas e nem bolhas de consumo é inacreditável que em uma região com clima e condições extremamente favoráveis para se ter qualidade de vida, não temos isso, gerando com isso uma popoulação pobre, sem empregos, dependente de tudo e com uma mentalidade provinciana sobre a vida e apolítica. Será que a alcunha antiga de sermos gigolôs de vacas nos faz acomodados e descrentes do que seja crescer com autonomia e celeridade.

Deixe um comentário